PV anuncia apoio formal a Serra; militância quer Eduardo Jorge como vice

Apesar do apoio ao pré-candidato do PSDB, o secretário do Meio Ambiente afirmou a identidade da legenda na coligação

Fábio Matos, iG São Paulo |

AE
O pré-candidato José Serra durante anúncio oficial da aliança com PV
A pré-candidatura do ex-governador José Serra (PSDB) à Prefeitura de São Paulo ganhou seu primeiro apoio oficial na noite desta quinta-feira. Em evento que reuniu as principais lideranças do partido no Estado no Salão Nobre da Câmara Municipal, a legenda anunciou que fará parte da aliança que pretende levar o tucano a ocupar novamente o cargo de prefeito.

Com 31%, Serra lidera disputa em São Paulo; Haddad tem 3%

A coordenação de campanha de Serra também já deu como certo o apoio de outros dois partidos, o DEM e o PSD, que devem oficializar a aliança na próxima semana. O DEM é antigo parceiro do PSDB e já havia apoiado a candidatura derrotada de Serra à Presidência da República em 2010. O PSD é a legenda criada no ano passado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, aliado do ex-governador.

O secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente, Eduardo Jorge foi “aclamado” pela militância, que entoou seu nome algumas vezes, como possível candidato a vice-prefeito na chapa tucana. Serra e Kassab chegaram à Câmara por volta das 19h15, mas ainda não discursaram. Também compareceram ao ato o presidente nacional do PV, José Luiz Penna, e o do Diretório Estadual, Marcos Mroz, além de diversas lideranças municipais do partido e pré-candidatos a vereadores.

Saiba mais: Em ato de apoio a Serra, PV entra na campanha do 'Veta, Dilma!'

“Essa eleição é a mais importante do Brasil em 2012 e terá repercussão nacional nos próximos anos”, destacou Eduardo Jorge em sua fala aos militantes. “Essa proposta de coligação é coerente. Significa uma avaliação rigorosa da eleição em São Paulo. Esta não é uma eleição qualquer. São Paulo é uma cidade nacional, e o PV tem que ter uma visão nacional do que quer nos próximos anos.”

Serra recebe apoio de Trípoli, mas desconversa sobre Aníbal

“O candidato com quem nós vamos nos coligar é o melhor, tenho certeza disso. Não sei se vai ganhar, porque a eleição aqui é sempre dura, mas é o melhor. E a tarefa central do PV é levar nossos para ter uma bancada forte na Câmara Municipal. O PV precisa ter um enraizamento na Câmara”, discursou o secretário.

Apesar do apoio ao pré-candidato do PSDB, Eduardo Jorge fez questão de afirmar a identidade da legenda na coligação. “Numa coligação, os partidos são aliados, mas isso não significa que deixam de existir diferenças entre nós e o PSDB. Senão, nós não seríamos o PV, seríamos o PSDB”, afirmou, lembrando do compromisso do partido com a defesa do meio ambiente sua gestão na secretaria municipal. “O PV está na vanguarda desse processo”, disse.

    Leia tudo sobre: aliança PV PSDBeleições2012eleiçõesp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG