Dois meses depois, Dilma retribuirá visita de presidente do Benin

Esta não é a primeira vez que um presidente brasileiro desembarcará em Cotonou. Lula visitou o país africano em fevereiro de 2006

EFE |

Em visita oficial, a presidenta Dilma Rousseff viajará a Benin entre os dias 13 e 14 de maio com o objetivo de fortalecer a cooperação entre ambos os países, informaram nesta terça-feira fontes governamentais beninesas.

Leia mais: Dilma diz que terá 'posições comuns' com presidente eleito da França

Veja como foi: Ao lado de Dilma, Lula recebe título de doutor honoris causa no Rio

A chefe de Estado brasileira se reunirá com o presidente beninense, Thomas Boni Yayi, para falar sobre alguns projetos de saúde, educação, agricultura, esportes e formação, todos financiados em cooperação com o País. A visita da presidenta será realizada quase dois meses depois que Boni Yayi, também de maneira oficial, esteve no Brasil.

Essa não é a primeira vez que um governante brasileiro desembarcará em Cotonou. O ex-presidente  Luiz Inácio Lula da Silva visitou o país africano em fevereiro de 2006 e assinou, com o então líder beninense Mathieu Kérékou, um acordo de cooperação em matéria de prevenção e tratamento da malária, um acordo técnico no setor algodoeiro e um sobre esportes.

Ambos os países tinham decidido, nesse mesmo ano, intercambiar missões diplomáticas com a abertura de uma embaixada brasileira em Cotonou, enquanto Benin fez o mesmo em Brasília.

    Leia tudo sobre: dilma rousseffbrasilbeninrelações exteriores

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG