Candidata à ‘musa da CPI’ diz que recusou convite para posar nua

Mulher de Cachoeira afirma que vai acompanhar o marido em depoimento à CPI no dia 15 e também pode ser convocada a depor

iG São Paulo |

Andressa Mendonça, mulher do bicheiro Carlos Cachoeira, preso por ligação com jogo ilegal e alvo de inquérito e de uma CPI no Congresso, disse em entrevista ao jornal O Globo publicada neste sábado (5) que já foi convidada a posar nua na Playboy, mas recusou o convite. “Eu fui convidada. Mas não vou dar esse gostinho, não! (risos). Deixa só para o Cachoeira. Eu contei do convite e ele gostou, morreu de rir”, afirmou.

iG explica: Entenda a rede de 'negócios' do bicheiro Carlinhos Cachoeira, alvo de CPI

The Economist: CPI 'promete espalhar mais sujeira do que o normal'

Aos 30 anos, jovem e bonita, Andressa é forte candidata a ganhar o apelido de “musa da CPI” e disse que vai acompanhar o marido no depoimento marcado para o próximo dia 15. Ela também tem visitado Cachoeira no Presídio da Papuda para onde ele foi transferido em 18 de abril . Parlamentares também cogitam chamá-la para depor e explicar o que sabe sobre a rede de negócios do marido.

Leia também: Membros da CPI do Cachoeira serão vigiados ao checar documentos

Assim que estourou o escândalo, Andressa ficou conhecida também pela ligação com o senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO) , também alvo da CPI e de processo no Conselho de Ética por quebra de decoro. Andressa é ex-mulher do suplente do senador Demóstenes, o empresário Wilder Morais, e é amiga da mulher do parlamentar. Citado em vários grampos, Demóstenes tenta explicar a acusação de colocar o mandato a serviço do bicheiro.

**Texto alterado às 17h22. Diferentemente do que foi divulgado, a imagem publicada anteriormente nesta reportagem não era de Andressa Mendonça, mulher de Carlos Cachoeira, como informou a Agência Estado.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG