Parlamentares que aprovaram o projeto apoiarão possível edição de MPs pela presidente Dilma Rousseff para substituir artigos

selo

A possível edição de Medidas Provisórias (MPs) pela presidente Dilma Rousseff para substituir artigos vetados por ela no Código Florestal terá o apoio de deputados federais que aprovaram o projeto. "Há um consenso e é o melhor caminho finalizar esse projeto com uma discussão conjunta entre Câmara, Senado e o governo", disse o deputado Duarte Nogueira (PSDB-SP), após reunião de parlamentares da Comissão da Agricultura e Pecuária da Câmara, na Agrishow, em Ribeirão Preto (SP).

Assista: Camila Pitanga quebra protocolo e pede para Dilma vetar Código Florestal

Exclusivo: 'Brasileiros não querem o Código Florestal', diz diretor do Greenpeace

iG explica: Entenda os principais pontos do Código Florestal aprovado na Câmara

Ontem, o senador Blairo Maggi (PR-MT) defendeu uma reunião entre congressistas e o governo para definir os últimos ajustes no Código Florestal. "É fundamental que essa reunião seja logo no começo da próxima semana", afirmou Nogueira. Ainda segundo ele, além de substituir possíveis vetos, "as MPs poderiam tratar de outros assuntos que ficaram de fora do projeto aprovado, como a preservação de nascentes e ainda o uso da água para a irrigação".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.