PT abre inscrições para candidatura a vice em Belo Horizonte

Até agora, oito nomes petistas foram colocados para a disputa em outubro; qualquer filiado com indicação de pelo menos 50 delegados pode se inscrever

Denise Motta, iG Minas Gerais |

Em uma iniciativa pouco usual, o PT de Belo Horizonte abriu nesta quinta-feira (03) inscrições para que postulantes a vice-prefeito da prefeitura da capital mineira oficializem suas disposições em concorrer nas eleições de outubro. Na prática, qualquer filiado do PT pode tentar a vaga.

As inscrições para integrar a chapa com o atual prefeito, na disputa pela reeleição, acabam no próximo dia 14. Seis dias depois, o PT se reúne para votar nos nomes inscritos. Conforme a legislação eleitoral, a chapa deve ser oficializada no mês de junho.

Confirmado: PT de Belo Horizonte confirma aliança com PSB e tucanos para eleição municipal

Após apertada vitória na decisão de apoiar a reeleição do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), o PT de Belo Horizonte enfrenta agora outra turbulência interna. A escolha do vice na chapa encabeçada pelo atual prefeito vem tomando a cada dia contornos mais complicados. O número de candidatos aumenta e para tentar um consenso o PT já mudou por três vezes a data de escolha do vice.

O secretário-geral do PT de Belo Horizonte, Francisco de Assis Maciel, informou que os pré-candidatos a vice-prefeito devem obedecer a alguns critérios. O principal é ter a indicação de pelo menos 50 delegados (ao todo são 500 delegados) ou 15 integrantes do diretório municipal (o que representa um terço do total). As regras para a definição do vice de Lacerda foram acertadas em uma reunião com dirigentes na noite de quarta-feira (02).

O cenário eleitoral na capital mineira:  Padrinhos de peso reforçam eleição em Belo Horizonte

“Até agora não teve inscrição. Acredito que isso ocorra mais para o final do prazo. A busca pelo consenso ainda existe e a ideia é apresentar um nome que seja apoiado por Pimentel e Patrus”, afirmou nesta tarde o secretário-geral do PT.

No dia 18 de março, o PT elegeu os delegados com direito a voto nas deliberações para a eleição da capital. A definição do vice de Lacerda estava marcada inicialmente para o dia 15 de abril e foi adiada para o dia 29 do mesmo mês. Sem consenso, o PT adiou novamente a decisão sobre quem será o vice na chapa para o dia 20 de maio. A eleição interna do vice petista terá dois turnos, a não ser que o vencedor obtenha 50% dos votos mais um, ou seja, 251.

Um grupo ligado ao atual vice-prefeito, o petista Roberto Carvalho, irá se reunir no dia 18 deste mês para definir qual será o posicionamento diante da decisão de apoiar Lacerda com a participação formal de tucanos na coligação. Roberto Carvalho não foi localizado para falar sobre o assunto, mas no PT de Belo Horizonte e na imprensa circula a informação de que ele lançou dois nomes para vice: Palowa Mendes (sua assessora) e Luiz Fortini (ex-presidente da Superintendência de Limpeza Urbana de Belo Horizonte).

Além destes dois nomes, existem outros seis: Miguel Corrêa (deputado federal, ligado ao ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel), André Quintão (deputado estadual, ligado ao ex-ministro Patrus Ananias), Marco Antônio Rezende (atual procurador da prefeitura e ligado tanto a Pimentel quanto a Patrus), Jorge Nahas (secretário municipal de Políticas Sociais, ligado a Patrus e Pimentel), Murilo Valadares (secretário municipal de Obras, nome articulado pelo ex-deputado Virgílio Guimarães) e Paulo Lamac (deputado estadual e ex-líder de governo na Câmara de Vereadores, na gestão Lacerda).

Veja: Especial de eleições do iG

Destes nomes, estima-se que o com maior força entre os 500 delegados seja o do deputado federal Miguel Corrêa, que teria apoio de aproximadamente 20% dos delegados, ou seja, 100 dos 500. Ele também é o nome com maior densidade eleitoral entre todos colocados até agora. O grupo ligado ao atual vice-prefeito, também teria força entre os delegados, com influência em 40% deles (200 delegados). No PT mineiro, o comentário é de que Pimentel estaria articulando a favor do procurador Marco Antônio Rezende.

    Leia tudo sobre: eleiçõesmgeleições2012PTvice-prefeitoinscrições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG