Nomeação de Brizola Neto é publicada no Diário Oficial

O mais jovem ministro de Dilma tomará posse na quinta-feira após pasta do Trabalho ficar cinco meses sob comando interino

iG São Paulo |

A nomeação do ministro do Trabalho, Brizola Neto , foi publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União. No ato, assinado pela presidenta Dilma Rousseff , o texto de seis linhas informa que Carlos Daudt Brizola, nome de batismo do deputado federal, é nomeado ministro. A decisão foi tomada na véspera do Dia do Trabalho.

Leia também: Brizola Neto vence resistências e vai assumir pasta do Trabalho

Perfil: Aos 33 anos, Brizola Neto é o ministro mais jovem do governo Dilma

AE
O novo ministro do Trabalho, Brizola Neto, participa de evento em SP, ao lado do presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva (PDT-SP)

Conheça o ministério comandado por Dilma Rousseff

Brizola Neto foi indicado pelo PDT, partido fundado por seu avô, o ex-governador Leonel Brizola, morto em 2004. Aos 33 anos, Brizola Neto é o mais jovem ministro do governo Dilma . Ele tomará posse na quinta-feira, às 11h, no Ministério do Trabalho.

Por cinco meses, o Ministério do Trabalho permaneceu interinamente sob responsabilidade do ministro Paulo Roberto Santos Pinto. Ele assumiu o cargo com a demissão do então ministro Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, por suspeitas de corrupção.

Poder Online:  Dilma reúne-se com PDT para vencer resistencias a Brizola Neto como ministro

Recém-nomeado, Brizola Neto compareceu na comemoração do Dia do Trabalho promovida pela Força Sindical e outras centrais em São Paulo. A respeito das críticas da cúpula do partido, Brizola afirmou: "É natural do processo da escolha que surjam articulações e preferências."

O futuro ministro qualificou como "pequenas divergências" a resistência da base de seu partido à sua nomeação. Segundo ele, há questões maiores para serem debatidas que devem unir o PDT.

Mesmo sem vencer as últimas eleições parlamentares em 2010, Brizola Neto voltou à Câmara dos Deputados como suplente do deputado Sergio Zveiter (PSD). Ligado ao governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), Zveiter deixou a Câmara para assumir a Secretaria de Trabalho e Renda, cargo que anteriormente era ocupado por Brizola Neto.

Com Agência Brasil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG