Demóstenes tem até hoje para apresentar defesa ao Conselho de Ética

Senador é alvo de processo que investiga sua suposta participação no esquema de jogos ilegais orquestrado por Carlinhos Cachoeira

iG São Paulo* |

O senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) tem até hoje para apresentar sua defesa prévia ao Conselho de Ética do Senado. O colegiado investiga uma suposta participação do parlamentar em um esquema de exploração de jogos ilícitos em Goiás e no Distrito Federal, que seria comandado pelo empresário goiano, Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira .

iG explica:  Entenda a crise envolvendo o senador Demóstenes Torres

Saiba mais:  Conselho de Ética do Senado abre processo para investigar Demóstenes

Agência Senado
Senador Demóstenes tem até esta quarta-feira para apresentar defesa no Conselho de Ética


Manobra: Estratégia de Demóstenes é juntar processo político ao jurídico

Com base nessa investigação, o conselho decidirá se vai abrir ou não processo de cassação do mandato parlamentar de Demóstenes Torres. O relator do caso, Humberto Costa (PT-PE), disse na terça-feira que vai começar a analisar a defesa do senador assim que a receber por escrito.

Como a reunião do conselho está marcada para a manhã de quinta-feira (26), o relator ainda não sabe se Demóstenes usará a prerrogativa de defender-se pessoalmente, como prometeu quando os trabalhos foram iniciados. 

Durante a reunião que decidiu pela abertura do processo contra Demóstenes, o próprio senador a ser investigado surpreendeu os presentes e compareceu ao Senado . Durante a sessão, ele garantiu que provará sua inocência.

*Com Agência Brasil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG