Polícia Federal prende prefeito de cidade do ES em ação contra desvio de verba

Segungo a corporação, pelo menos 28 pessoas foram detidas acusadas por fraudes em licitações, superfaturamentos e desvio de verbas

AE |

selo

Agentes da Polícia Federal prenderam nesta quinta-feira 28 pessoas acusadas por fraudes em licitações, superfaturamentos, desvio de verbas, além de pagamentos indevidos em contratos de serviços e compra de materiais no Espírito Santo. Entre os presos está o prefeito da cidade de Presidente Kennedy, Reginaldo dos Santos Quinta (PTB).

Leia também: Polícia Federal faz operação contra desvio de verba em Goiás

A quadrilha, segundo a PF, era formada pela sobrinha do prefeito, que acumulava a chefia de três secretarias municipais, além do Procurador Geral do Município, integrantes da comissão de licitação, empresários e dois policiais militares, sendo um deles o Comandante da Guarda Municipal. Um membro da executiva estadual do partido político do prefeito também participava do esquema criminoso.

Os recursos municipais, segundo a PF, eram desviados para os membros da quadrilha através das licitações que eram montadas a partir de editais que restringiam a concorrência e eram direcionadas para grupos econômicos previamente escolhidos, que simulavam legalidade do processo. Foi identificado, até o momento, o desvio de cerca de R$ 50 milhões.

Veja também: Vídeo mostra presos sendo torturados no Espírito Santo

De acordo com a PF, o líder da quadrilha era o prefeito de Presidente Kennedy, cidade campeã de créditos em royalties do Estado, com quase 20% de todo o valor recebido pelo Espírito Santo, o que permite que o PIB per capita alcance padrões superiores aos de países desenvolvidos.

Entretanto, o município é o lanterna do ranking educacional no Estado e apresenta o quarto pior índice de desenvolvimento humano entre as cidades capixabas, segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PUND, informa a PF.

A operação Lee Oswald consiste no cumprimento de 79 mandados judiciais, sendo 51 de busca e apreensão, além de 13 mandados de prisões preventivas e 15 de prisões temporárias.

    Leia tudo sobre: polícia federalespírito santo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG