Governo deve discutir hoje crise no Trabalho, diz ministro

Chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, diz que Planalto está 'cansado' de crises

iG São Paulo |

Em meio à repercussão de denúncias sobre desvios no Ministério do Trabalho, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse ontem que o governo está “ficando cansado” de administrar crises. O esquema liderado pelo PDT, revelado pelo iG no último dia 26 , envolvia desvios de recursos por meio de ONGs controladas por pessoas ligadas à pasta e ao partido do ministro Carlos Lupi.

Entenda a crise no Ministério do Trabalho:
- Ministério do Trabalho entra em escândalo do Esporte

De acordo com Carvalho, a situação na pasta deverá ser discutida nesta segunda-feira. “Teremos de ver isso amanhã (hoje). Se bem que o ministro Carlos Lupi (Trabalho) tomou providências imediatas e afastou dois assessores”, disse ontem Carvalho.

AE
Denúncias de irregularidades cercam agora o ministro do Trabalho, Carlos Lupi

Carlos Lupi exonerou os dois servidores no sábado. O esquema de desvios em convênios foi resgatado no último sábado, em edição da revista Veja .

De junho até agora, coube a Gilberto Carvalho negociar a queda de cinco ministros envolvidos em escândalos de corrupção – Antonio Palocci (Casa Civil), Alfredo Nascimento (Transportes), Pedro Novais (Turismo), Wagner Rossi (Agricultura) e Orlando Silva (Esporte).

O esquema que envolve o PDT e o Ministério do Trabalho é semelhante ao que operava no Esporte, quando a pasta ainda estava sob comando de Orlando Silva.

*Com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: crise no Trabalho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG