Jovem de apenas 15 anos já havia sido apreendido durante a tarde pelo mesmo crime, mas foi solto após a mãe se apresentar na delegacia

Quando recebi o histórico dessa ocorrência, eu confesso que fiquei surpeso. Antes de ligar para o Capitão Da Cruz da Cavalaria da PM cheguei a pensar que pudesse houver até algum tipo de engano, mas não existia. É isso mesmo que eu tinha entendido e que vou relatar para vocês nessa matéria. Um suspeito foi preso DUAS vezes no mesmo dia.

Leia também: PM Ambiental prende quadrilha de palmiteiros em área de conservação ambiental

Dois menores infratores foram apreendidos pelos Policiais da Cavalaria da PM
Divulgação/Cavalaria da PM
Dois menores infratores foram apreendidos pelos Policiais da Cavalaria da PM

A equipe do Capitão Da Cruz formada também pelo Cabo Sander, Soldado Casemiro e Soldado Costa Junior tinha acabado de deixar o Batalhão da Cavalaria da PM quando foi parada por uma vítima de roubo.  "Era umas 22h e a minha equipe ia fazer um patrulhamento de rotina. No meio do caminho perto da Estação Armênia do Metrô, uma mulher veio até a gente e disse que tinha acabado de ser roubada, haviam levado o celular", revela o Capitão.

Assustada, a mulher ainda conseguiu descrever os suspeitos para os Policiais. Minutos depois, eles estariam detidos.  "Ela mostrou a direção da fuga, eu pelo retrovisor já consegui ver os dois, eram dois menores. Fizemos o caminho contrário que eles estavam indo e três minutos depois do roubo nos demos de cara com eles e fizemos a abordagem. Com eles, nós achamos o celular roubado, documentos e cartões da vítima", comemora o Capitão.

Quando os PMs chegaram na Delegacia para apresentar os dois suspeitos, a história começou a ganhar contorno que os Cavalarianos não esperavam. "Para o nosso espanto , um dos jovens já havia sido detido no mesmo dia e pela prática do mesmo crime. Ele foi para delegacia, mas foi liberado na presença do responsável", diz o Capitão.

Leia também: Em São Paulo, não! COE golpeia o tráfico, apreende um fuzil e uma submetralhadora

Mas a Cavalaria é persistente. "Fizemos a legitimação e constou que além disso, esse suspeito era fugitivo da Fundação Casa. Foi preso, solto e no mesmo dia já estava preso de novo, mas dessa vez vai cumprir a pena que deve para Justiça", revela o Capitão. A vítima ficou muito feliz com a rápida resposta da Cavalaria e teve a certeza que algumas instituições ainda funcionam para proteger o cidadão de bem.

Para finalizar essa matéria, eu deixo um questionamento para você. O outro suspeito que foi detido pela Cavalaria foi liberado depois que mãe se apresentou no DP, era a primeira vez que tinha sido preso. As perguntas que ficam: a leis que deviam nos proteger são bem aplicadas? Quanto tempo esse segundo suspeito vai demorar para voltar a praticar crimes sem uma política de educação forte?

Conheça a Cavalaria da PM

O Regimento de Polícia Montada “9 de Julho” é uma unidade da Polícia Militar do Estado de São Paulo, subordinada ao Comando de Policiamento de Choque. A Cavalaria é uma das mais tradicionais unidades históricas da PM, criada em 1892.

Atualmente, possui 505 policiais militares e 437 cavalos distribuídos em todo território do Estado de São Paulo. O Regimento, subordinado a uma Unidade do Choque, tem como principal missão o policiamento e atuação em grandes aglomerações de pessoas, como jogos de futebol, shows, manifestações e encontros culturais.

Somente em 2017, a Cavalaria da PM esteve presente em mais de 110 jogos de futebol, em mais de 20 grandes shows em SP, 12 operações com milhares de espectadores como: Fórmula 1, Virada Cultura, Lollapalooza e Operação Carnaval.

Leia também: Recado da ROTA para o crime e seus críticos: 1.102 kg de drogas apreendidas

Regimento de Polícia Montada “9 de Julho”
Major PM Luis Augusto Pacheco Ambar
Regimento de Polícia Montada “9 de Julho”


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.