Traficantes que vieram de Manaus ofereceram suborno para serem liberados na região central de SP, mas Policiais deram nova prova de honestidade

Cavalaria da PM prendeu quadrilha de traficantes e apreendeu mala com drogas e dinheiro
Divulgação/Cavalaria da PM
Cavalaria da PM prendeu quadrilha de traficantes e apreendeu mala com drogas e dinheiro

O início do ano é tradicionalmente um período que exige malabarismos orçamentários. Temos faturas a pagar dos presentes comprados no Natal, impostos, taxas de rematrícula e material escolar (para quem tem filhos). Nesse cenário, qualquer dinheiro a mais é bem-vindo, correto? Não se ele vier por vias alheias aos ditames legais. Quem nos dá esse exemplo é, mais uma vez, os homens e mulheres da Cavalaria da PM .

Nessa segunda-feira (8), a equipe da Cavalaria da PM constituída pelo Cabo PM Félix, pelo Soldado PM Neves e pelo Soldado PM Alberto se viu diante de duas oportunidades distintas durante patrulhamento na região central de São Paulo: os policiais poderiam receber uma 'grana extra' ou cumprir com seu dever e vocação. Eles não titubearam ao decidir.

A equipe abordou um indivíduo em atitude suspeita na Rua Capitão Salomão, região da Santa Ifigênia, e o homem acabou confessando que estava ali para traficar. O criminoso disse que uma de suas comparsas havia acabado de utilizar os serviços da Uber para entregar uma quantidade de droga no bairro do Jaguaré, na zona oeste da capital paulistana.

Os policiais então acompanharam o criminoso até o hotel onde ele estava hospedado e localizaram uma mala contendo mais droga e dinheiro.

Quando a comparsa que havia feito a entrega de droga na zona oeste retornou ao local, os policiais deram voz de prisão à dupla e a um terceiro criminoso que estava hospedado no mesmo quarto de hotel. Foi nesse momento que aquele primeiro indivíduo decidiu fazer a proposta que, para muitos, poderia soar tentadora: ele ofereceu propina no valor de R$ 1.500 para ser liberado.

Nada feito. O corruptor e seus dois comparsas foram presos em flagrante e agora vão responder por tráfico de drogas e por corrupção ativa.

Droga apreendida pela Cavalaria da PM
Divulgação/Cavalaria da PM
Droga apreendida pela Cavalaria da PM

Leia também: "Nossa, que da hora, fomos presos pelo COE!"

Conexão AM-SP

De acordo com o Tenente Amilcar, os criminosos são residentes de Manaus (AM) e integram a facção criminosa denominada Família do Norte. Os traficantes disseram que essa foi a primeira vez que o grupo veio vender drogas em São Paulo.

"Eles vêm de Manaus com a droga, hospedam-se em hotéis na região central e fazem a distribuição. O grupo tinha acabado de chegar. Estava aqui desde o dia 4", relatou o Tenente, informando ainda que os entorpecentes seriam comercializados na região central e nas periferias da cidade.

Os dois homens e a mulher foram encaminhados ao 3º Distrito Policial (Campos Elíseos) e ficarão presos no sistema penitenciário de São Paulo. A equipe da Cavalaria da PM apreendeu com a quadrilha cerca de 8 kg de skunk (variedade mais potente da maconha) e R$ 2.958 em espécie.

Leia também: GATE impede tragédia em família e resgata refém de quatro anos ameaçada com faca

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.