Miguel Tobias é um menino especial: nasceu neste domingo dentro do pátio do Batalhão Tobias Aguiar, rodeado de amor e emoção dos pais e dos Policiais; a família e os PMs envolvidos no parto contam a história emocionante ao iG

Policiais dE ROTA realizam parto em viatura e  criança será batizada como
Divulgação/ROTA
Policiais dE ROTA realizam parto em viatura e criança será batizada como "Miguel Tobias"

Muitos chamam de destino, outros de coincidência. Alguns ainda depositam os rumos da vida a Deus e à Sua vontade. Qualquer que seja a explicação para a sucessão das coisas, o último domingo foi de pura emoção para a família de Adalberto Francisco dos Santos e Graziela Aparecida da Silva Santos – e também aos Policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (ROTA) que estavam de plantão na manhã nublada, já que todos acabaram se encontrando para o nascimento do pequeno Miguel Tobias. Um bebê que trouxe luz ao dia e alegria ao 1º Batalhão de Choque, em São Paulo. 

Leia também: "Emoção sem tamanho", diz mãe de menino com câncer após visitar Cavalaria da PM

“Ajudar no nascimento do Miguel foi maravilhoso, a grande realização de minha vida profissional
Divulgação/ROTA
“Ajudar no nascimento do Miguel foi maravilhoso, a grande realização de minha vida profissional", diz Cabo PM Nereu

Graziela sofria as dores das contrações dentro do carro quando estava a caminho do hospital, junto de seu marido, que é Guarda Civil Metropolitana (GCM). Os dois haviam saído de Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo, onde vivem com outros dois filhos, e iam em direção ao Hospital do Servidor Público, mas a bolsa de Graziela acabou se rompendo próximo à Avenida Tiradentes, no bairro da Luz da capital paulista. “Olhei de um lado, de outro... Não vi nenhuma viatura de Polícia, Bombeiros ou mesmo ambulância. Assim, percebi que a solução seria buscar ajuda na ROTA , porque a gente já estava próximo”, relembra o pai.

Foi então que o casal – e Miguel, que insistia em nascer logo – chegou ao Quartel da ROTA, no centro da cidade. “Fomos recebidos pelo Soldado Anderson Silva, que pediu a permissão ao Comandante para que estacionássemos no Pátio. Todos nos apoiaram, fomos muito bem recebidos”, diz Adalberto. 

Um dos responsáveis pelo apoio ao parto foi o Cabo PM Nereu. Ele conta que os dois chegaram ao local por volta das 10h40, e o trabalho de parto já estava bem adiantado. Por isso, seria impossível apenas encaminhá-los ao hospital. Desse modo, ele, o Cabo PM Otaviano e o Cabo PM Cristiano teriam de realizar o parto em “território da ROTA”.

Todo o parto durou por volta de 15 minutos, segundo lembra Adalberto. Com agilidade e precisão, os Policiais auxiliaram a mulher a dar à luz o menino. Que é para lá de especial. “Ajudar no nascimento do Miguel foi maravilhoso, a grande realização de minha vida profissional. No próximo dia 26, completo 25 anos de Polícia. E essa foi a melhor ocorrência de todos esses anos. Sempre quis poder participar de uma ocorrência assim, e graças a Deus pude ser agraciado. Foi uma emoção muito grande, especialmente quando a mãe dele me contou que o bebê era portador de Síndrome de Down. Foi aí que o amor que senti cresceu ainda mais”, conta o Cabo Nereu ao iG , emocionado.

Miguel Tobias nasceu por volta das 10h45 dentro do 1º Batalhão de Choque, ROTA, no centro de São Paulo
Divulgação/ROTA
Miguel Tobias nasceu por volta das 10h45 dentro do 1º Batalhão de Choque, ROTA, no centro de São Paulo

“Somos preparados e treinados no Quartel a atender todos os tipos de ocorrência: seja de primeiros socorros, partos, até aquelas de crimes. Temos médicos que nos dão aulas e palestras. Geralmente, deparamos com uma grávida ainda em estágio inicial do trabalho de parto, então temos apenas de encaminhar ao hospital mais próximo. Porém, dessa vez, foi diferente. E me deixou muito feliz. Essa ocorrência irá encerrar minha carreira militar com chave de ouro”, completa.

Leia também: Um dia na vida de um Policial de ROTA

O Cabo ainda aponta que não se lembra de outro caso de nascimento dentro do Quartel. Assim, ao que tudo indica, ele e os outros Policiais em serviço nesse fim de semana puderam vivenciar um evento inédito.

Homenagem emocionante

Policiais de Rota realizam parto em viatura e  criança será batizada como
Divulgação/ROTA
Policiais de Rota realizam parto em viatura e criança será batizada como "Miguel Tobias"

Depois do nascimento bem-sucedido, mãe e bebê foram encaminhados ao Hospital do Servidor Público para serem monitorados. “Os Policiais de ROTA foram muito atenciosos com a gente, nos apoiaram do começo ao fim. Escoltaram-nos até o hospital e só nos deixaram depois de termos sido atendidos”, afirma Adalberto.

“Assim, passado o susto e a emoção do momento do nascimento, conversei com minha esposa e decidimos colocar ‘Tobias’ como segundo nome do Miguel, em homenagem ao patrono da ROTA,  o Brigadeiro Tobias Aguiar. Comunicamos a notícia a Cabo PM Simone, o que foi muito emocionante”, destaca.

Miguel Tobias e Graziela continuam internados. Ele foi encaminhado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para receber todos os cuidados necessários, mas já deve receber alta nesta terça-feira (7), segundo contou o pai. “Estão bem, está tudo em ordem, graças a Deus. Amanhã já devemos voltar para casa”, finaliza.

Leia também: O que policiais da ROTA fazem? Salvam vidas

Divulgação/ROTA
"Viver o parto do meu filho foi uma grande emoção", diz Adalberto, que é integrante da GCM

Seja destino, coincidência ou vontade Divina, a história de Miguel Tobias já começa marcada por amor, união e luta. Luta de um menino especial que chega de forma tão especial ao mundo. Um menino que permite emoção e alegria a profissionais que precisam conviver com tensão e crimes diariamente. Um menino que leva em seu nome a “humildade diante de Deus”, que é Miguel, e a força do Brigadeiro Tobias, em homenagem ao trabalho dos bravos Policiais da ROTA que o ajudaram a vir ao mundo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.