Canil da PM fecha a rota de fuga do tráfico na zona sul de São Paulo

Equipes do Batalhão de Choque realizaram operação na avenida Presidente Wilson para combater o movimento de drogas e prenderam três traficantes

O tráfico pode até achar que consegue passar despercebido pela Polícia. Isso é mentira! É apenas uma questão de tempo até os criminosos serem capturados pelos agentes de segurança. Na ocorrência de hoje, nós vamos revelar como o Canil da PM encurralou traficantes da zona sul de São Paulo e quebrou uma das rotas do tráfico da capital.

Leia também: Canil da PM fareja drogas em aterro na baixada santista; assista ao vídeo

Foto: divulgação/canil da PM
Drogas encontradas pela Cadela Deka do Canil da PM

Quando liguei para o Tenente Miranda, no ínicio desta tarde de segunda-feira (25), ele ainda apresentava os três criminosos presos pela equipes do Canil da PM no17 Distrito Policial, mas o Policial não exitou em contar o plano traçado para pegar os infratores. 

"A gente sabia que ali tinha tráfico, um movimento forte. É uma rota do tráfico porque ali passa muito carro que vai e vem do ABC. A avenida Presidente Wilson movimenta muito o comércio de drogas na região da zona sul", afirmou o Tenente Miranda.

Ciente disto, o Policial montou uma operação com três equipes, dez homens e três cães. "Esses criminosos têm uma estratégia para fugir sempre que a gente chega. Então, qual era o nosso plano? Duas das nossas viaturas iriam chegar pela frente da viela e uma terceira iria ficar na Avenida do Estado. No final dessa viela tem um buraco no muro onde eles pulam e acabam se misturando com os comerciantes e as pessoas que estão pela rua", revelou o Tenente.

Não deu outra, assim que as duas viaturas apareceram, três suspeitos correram. Dois deles já foram capturados, mas um terceiro conseguiu fugir e tentou seguir o "protocolo" do crime e pular pelo muro e sair na Avenida do Estado.

Ele também foi pego, acabou batendo de frente com a terceira viatura que realizava o cerco armado pelos Policiais. Com esse terceiro suspeito, os PMs encontraram uma sacola com 43 papelotes de cocaína e $40,00, os outros dois assumiram que eram olheiros do tráfico.

Leia também: 'Se correr, o Canil da PM pega': Batalhão de Choque dá prejuízo ao tráfico em SP

Os Políciais não estavam satisfeitos e colocaram os Cães para trabalhar.  "Fizemos os Cães Policiais farejarem por onde os indivíduos estavam sentados quando entramos na viela. A cadela Deka parou na porta de um barraco e tentou entrar, raspou a porta. O Cabo Dias, condutor, abriu o barraco e ela foi direto para onde o restante da droga estava escondido. Atrás de uma geladeira velha e desligada tinham mais 424 papelotes de cocaína", finaliza o Tenente Miranda. 

Os três foram presos. Um dos suspeitos vai responder por tráfico, já os olheiros serão indiciados por associação ao tráfico. Também participaram da ocorrência: Sub Tenente William, Cabo Julio e Soldado Albuquerque.

Você sabe quantos cães trabalham na Polícia Militar? 

O estado de São Paulo possui 25 Canis. No Central, temos 37 cães na ativa, mas no total são cerca de 300. Além de servir de base operacional para as missões na cidade de São Paulo, o Canil Central é onde acontecem todos os cursos de especialização, atualização e reciclagem dos Policiais de todos os canis do estado. É também onde fica o centro veterinário. 

Leia também: Correu, farejou, achou: Canil da PM vai desmontando o crime em SP

Quais são as raças de cães que a PM usa? 

São seis raças: Pastor Alemão, Pastor Holandês, Pastor Belga Malinois, Rottweiler, Bloodhound e Labrador. As missões de cada raça são divididas de acordo com suas habilidades específicas, como: faro, resistência, inteligência, agressividade, etc... Um Labrador, por exemplo, não é indicado para fazer policiamento ostensivo, porque geralmente não possui a agressividade necessária. Normalmente, o Labrador é usado para farejar entorpecentes e explosivos. Já o Pastor Belga Malinois é utilizado para policiamento e também faro. O Bloodhound tem aptidão para busca de pessoas. 


Link deste artigo: http://ultimosegundo.ig.com.br/policia/2017-09-25/canil-da-pm.html