Na Capital, Cuiabá, homem embriagado desacatou mesário, sendo levado em seguida para o Cadeião

Sete pessoas foram presas por desrespeitar a legislação eleitoral, segundo o balanço parcial da Polícia Militar de Mato Grosso, divulgado hoje à tarde.

A chamada Lei Seca é um dos principais motivos para as detenções. 

Em Barra do Garças, por volta de 14h30, dois homens foram presos em uma lanchonete ao ingerirem bebida alcoólica. Outra ocorrência foi registrada em Sorriso, quando um homem foi detido em um bar.

Mais duas pessoas foram detidas em Rosário Oeste.

Já em Cuiabá, um homem visivelmente embriagado desacatou um mesário e foi encaminhado pelos policiais para o Cadeião, localizado na Casa da Cidadania.

Na cidade de Querência, uma pessoa foi presa por desrespeito ao juiz eleitoral. De acordo com a PM, o magistrado havia determinado que um homem buscasse eleitores em uma fazenda.

Mas ele teria alegado que as estradas estavam em péssimas condições devido a chuva e recusou a cumprir a determinação. Minutos depois, o homem foi levado para o cadeião.

Uma adolescente de 17 anos tirou fotos da urna enquanto votava e foi detida em Cuiabá. A jovem também teve o celular apreendido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.