Pleno do TRE-MT considera improcedente ação contra Silval

Tribunal entendeu que publicação de matéria do então candidato à reeleição não `feriu¿ legislação eleitoral

iG Brasília |

Improcedente. Assim considerou o Pleno do TRE-MT a ação da coligação “MT Melhor pra Você”, do empresário Mauro Mendes (PSB), contra o então candidato à reeleição Silval Barbosa (PMDB).

A acusação contra o governador, agora reeleito, era de que ele havia utilizado a mídia para promoção pessoal durante o período eleitoral. 

Um dos argumentos do socialista era de que o jornal impresso Expressão, de Cáceres (MT), publicou matéria de capa com uma entrevista em que o candidato do PMDB destacava suas ações como governador do Estado.

O relator do tribunal, desembargador Márcio Vidal disse não ter “vislumbrado abuso nas informações”.

Também pesou na decisão do TRE-MT o episódio em que a Folha de São Paulo manifestou, em editorial, seu apoio explícito ao candidato à Presidência José Serra (PSDB), conforme atestou o juiz Samir Hammoud.

“Ao jornal impresso é possível, até mesmo, a divulgação de apoio a determinada candidatura, como foi o caso de um grande jornal de circulação nacional, que, em seu editorial, apresentou uma manifestação de apoio a determinada candidatura à Presidência da República”, concluiu.

Com informações do site Olhar Direto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG