Pesquisas apontam vitória de Puccinelli no 1º turno

Governador do MS teria vantagem de 280 mil votos sobre Zeca do PT

Flávio Paes, iG Campo Grande |

A menos de dois meses das eleições, três institutos de pesquisas (Ibrape, Ibope e Ipems) mostram tendência de vitória de André Puccinelli (PMDB) no primeiro turno.

A vantagem do governador hoje seria superior a 280 mil votos. Nas três pesquisas, o governador aparece com uma dianteira de 17 pontos percentuais sobre seu adversário direto, Zeca do PT.

As três amostras têm números parecidos, com uma pequena variação dentro da chamada margem de erro.

Pelo Ibrape André tem 54% (Zeca, 17%); no Ibope 52% (o petista 35%) e no Ipems, levantamento mais recente, o governador se reelegeria com 52,27%, contra 17,67% do seu oponente.

Outra constatação extraída da análise das pesquisas é que o desempenho de André se aproxima da sua votação em 2006, quando venceu com 61% dos votos válidos.

No levantamento do Ipems, por exemplo, o governador chega a 59,13%, sem os indecisos e os votos nulos, contra 39,14% de Zeca e 1,73% de Ney Braga (PSOL).

O Ibope mostra que 56% dos eleitores acreditam na reeleição do governador, contra 29% que apostam na vitória de Zeca do PT. Outros 13% dos eleitores demonstraram indecisão.

Este desempenho nas pesquisas de intenção de voto reflete também os altos índices de aprovação que a administração vem obtendo: 66% na pesquisa do Ipems; mesmo percentual do Ibope e 64%, pelo Ibrape.

Mesmo diante de números tão favoráveis o governador não entra no clima do “já ganhou”. Ele diz que nunca é demais lembrar que “pesquisa é retrato do momento, fator de motivação para mantermos a militância firme na campanha”.

Realista, Puccinelli afirma: “Só vamos parar em 3 de outubro, às cinco da tarde. Até lá, vamos manter a agenda de viagens, o corpo-a-corpo em todas as cidades. É preciso respeitar os adversários e o eleitor”, afirma.

As três pesquisas foram registradas no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS).

A pesquisa do Ibrape ouviu 1.119 eleitores entre os dias 15 e 18 de julho em oito regiões de Mato Grosso do Sul. Foi registrada sob o número 23860/2010.

Na pesquisa do Ipems, foram ouvidas 1.500 pessoas no período de 26 de julho a 2 de agosto. Está registrada sob o protocolo 26.551/2010.

A pesquisa do Ibope foi registrada no TRE-MS com o número 26041/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo 21022/2010.

    Leia tudo sobre: Eleições MSEleições Pesquisas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG