Pesquisa aponta tendência de 2º turno para o governo de Goiás

Iris Rezende reage e mantém dianteira sobre Marconi em pesquisa na Grande Goiânia: 40,9% x 32,2%

Rodrigo Viana, iG Goiânia |

Pesquisa Grupom/Rádio 730 divulgada hoje aponta que Iris Rezende (PMDB) é favorito entre o eleitorado de Goiânia.

Iris aparece com 40,9% das intenções de voto, enquanto Marconi Perillo (PSDB) tem 32,2% e Vanderlan Cardoso (PR), 16,1%.

Pesquisas anteriores feitas em todo o Estado de Goiás apontavam possibilidade de vitória no primeiro turno para Marconi Perillo.

O resultado em Goiânia aponta tendência de mudança de voto já que a cidade é forte como formadora de opinião.

Ao lado de Aparecida de Goiânia, Anápolis e região metropolitana, a Capital concentra 52% do eleitorado.

A pesquisa mostra ainda o retorno de Iris ao favoritismo na cidade que governou de 2005 até o início de 2010.

Na 5ª rodada da pesquisa, divulgada no dia 13, Marconi ainda era favorito na região central do estado, com 42,8% das intenções de voto. Iris vinha atrás com 29,6%.

A pesquisa Grupom mostra, ainda, a maior taxa de rejeição na cidade para Marconi Perillo (25,9%), seguido por Marta Jane (20,8%), Washington Fraga (19,6%), Iris Rezende (19,3%) e Vanderlan Cardoso (11,3%). Já 37,2% da população não rejeita ninguém.

Ainda assim, no Estado de Goiás como um todo, a vantagem de Marconi sobre Iris aumentou, segundo apontou pesquisa Serpes/O Popular divulgada no sábado (18). Marconi aparece com 47,5% dos votos, Iris 33,5% e Vanderlan 11,1%.

Todos oscilaram dentro da margem de erro, de 3,1 pontos percentuais. Marconi cresceu 0,2, Iris caiu 1,3 e Vanderlan perdeu 1,8.

A pesquisa também mostra que a vitória no primeiro turno ainda não está certa. Marconi aparece com 51,1% dos votos válidos. Contando com a margem de erro, ele oscila entre 48% e 54,2%.

Para ganhar no primeiro turno, o candidato precisa ter votos válidos de 50% do eleitorado mais um.

A pesquisa Grupom/Rádio 730 foi feita entre 15 e 17 de setembro com 602 entrevistados na capital. A margem de erro é de 3,9%. Os registros foram feitos no TSE sob o n. 30770/2010 e no TRE-GO sob o n. 43579/2010.

Já a pesquisa Serpes/O Popular foi realizada entre 14 e 17 de setembro com 1.001 entrevistas no Estado. O registro foi feito no TRE-GO sob o n. 3060/2010 e no TSE sob o n. 43063/2010.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG