2010 será um ano de Beatles, Beyoncé, Ivete Sangalo e Adoniran Barbosa http://ultimosegundo.ig.com.br/perspectivas2010/2010/01/01/philip+roth+penguin+e+laurentino+gomes+sao+destaques+da+literatura+em+2010+9256311.html target=_topPhilip Roth, Penguin e Laurentino Gomes são destaques da literatura em 2010" / 2010 será um ano de Beatles, Beyoncé, Ivete Sangalo e Adoniran Barbosa http://ultimosegundo.ig.com.br/perspectivas2010/2010/01/01/philip+roth+penguin+e+laurentino+gomes+sao+destaques+da+literatura+em+2010+9256311.html target=_topPhilip Roth, Penguin e Laurentino Gomes são destaques da literatura em 2010" /

Telas recebem talento de Esmir Filho, Robert Downey Jr. e Tim Burton em 2010

Um talento novo promete imagens impactantes para o ano que vem. Chama-se Esmir Filho, tem 27 anos e o seu primeiro longa, de nome esdrúxulo (¿Os Famosos e os Duendes da Morte¿), estreia em março de 2010. Esmir já é bastante conhecido pelo curta ¿Tapa na Pantera¿, um hilariante depoimento de uma senhora drogada (vivida por Alice Vergueiro) que virou sucesso na internet. http://ultimosegundo.ig.com.br/perspectivas2010/2010/01/01/2010+sera+um+ano+de+beatles+beyonce+ivete+sangalo+e+adoniran+barbosa+9256308.html target=_top2010 será um ano de Beatles, Beyoncé, Ivete Sangalo e Adoniran Barbosa http://ultimosegundo.ig.com.br/perspectivas2010/2010/01/01/philip+roth+penguin+e+laurentino+gomes+sao+destaques+da+literatura+em+2010+9256311.html target=_topPhilip Roth, Penguin e Laurentino Gomes são destaques da literatura em 2010

Cadão Volpato, iG São Paulo |

Ismael Caneppele e Tuane Eggers em cena de "Os Famosos e os Duendes da Morte"

Os Famosos e os Duendes da Morte é um filme sobre jovens para jovens, segundo o diretor. Nele ocorre uma mistura improvável entre  a atmosfera misteriosa de uma cidadezinha do interior do Rio Grande do Sul e o mundo dos blogs, fotologs e Flickrs. Esmir partiu do romance escrito por um garoto local, Ismael Caneppele, que aparece no filme, para criar imagens expressivas, pontuadas por um folk melancólico, composto pelo também gaúcho Nelo Johann.

Oscilando entre o mundo real e o virtual, Esmir se esmera, como todo iniciante, nos enquadramentos e soluções inventivas, mas é o fantasma do sessentão Bob Dylan quem mais trafega pela essência de Os Famosos. Os personagens usam nomes como Tambourine Man e Jingle Jangle, que evocam músicas do velho ídolo.

No mínimo, o primeiro longa de Esmir Filho rompe os paradigmas das paisagens cinematográficas brasileiras ao levar as câmeras para a neblina opressiva de uma quase aldeia colonizada por alemães da Pomerânia. Um lugar e tanto para um começo auspicioso.

Aos 45 anos, a serem completados em 4 de abril do ano que vem, Robert Downey Jr. tem tudo para o ser o nome do cinema em 2010. Duas grandes produções mostram o caminho da consagração definitiva do ator. De um lado, a estréia do segundo filme da franquia "Homem de Ferro" promete alavancar as bilheterias. O bom Homem de Ferro 1 salvou a carreira de um dos maiores talentos jovens da geração 80, que prometia muito mais deixou-se emparedar pelas drogas nas décadas seguintes.

A volta por cima de Robert Downey Jr.: astro hollywoodiano chega com tudo em 2010

De triste figura dos tribunais a herói irônico vestido de armadura, Downey percorreu um longo e acidentado caminho. O Homem de Ferro 2 vem com tudo para se transformar num dos filmes de ação do ano. Mas é o universo dedutivo do imortal Sherlock Holmes que deve marcar o ano definitivo do ator nas telas. Dirigido pelo ex de Madonna, Guy Ritchie, e tendo como Watson o inglês Judy Law, o Sherlock de Downey usa não só o cérebro, mas também os músculos. Talvez seja o detetive perfeito para ficar no imaginário da próxima década. Encarnado por um ator que renasceu das cinzas.

O universo de Alice no País das Maravilhas é mesmo inesgotável. Uma rápida folheada no clássico de Lewis Carroll reeditado pela Cosacnaify, com tradução brilhante de  Nicolau Sevcenko e ilustrações inspiradas de Luiz Zerbini, permite o vislumbre do que pode ser um dos filmes mais esperados de 2010. Simplesmente porque Tim Burton, o diretor de Edward Mãos de Tesoura, Ed Wood e O Estranho Natal de Jack, era o homem certo para levar ao cinema o universo espantoso de Alice.

Lewis Carroll volta aos cinemas através das lentes de Tim Burton, agora em 3D

Objeto de uma maravilhosa exposição no MoMA, em Nova York, Burton estreia em 16 de abril de 2010 a sua visão particular de uma das obras mais libertárias e intrigantes da literatura. O filme Alice no País da Maravilhas chega cercado de expectativas. O trailer, em que Johnny Depp aparece caracterizado como Chapeleiro Maluco, já é um hit da internet.

Leia mais sobre: cinema

    Leia tudo sobre: cinemaesmir filhorobert downey jrtim burton

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG