Palma abriga mix de estilos arquitetônicos

Palma abriga mix de estilos arquitetônicos Por Mônica Nóbrega Palma, 06 (AE) - Do árabe ao gótico, o mix de estilos arquitetônicos é, em si, uma aula de história em Palma. Igrejas e palácios pedem visitas cuidadosas.

iG São Paulo |

Palma abriga mix de estilos arquitetônicos Por Mônica Nóbrega Palma, 06 (AE) - Do árabe ao gótico, o mix de estilos arquitetônicos é, em si, uma aula de história em Palma. Igrejas e palácios pedem visitas cuidadosas. A seguir, os "highlights" da capital. PALAU DE L’ALMUDAINA Ao lado da Catedral de Palma fica o antigo centro do poder mouro. No palácio erguido no século 14, hoje transformado em museu, um majestoso pátio dedicado ao rei e à honra dá as boas vindas ao visitante. Portal românico e capitéis semicirculares esculpidos com cenas de animais decoram a Capela de Santa Ana. Entrada: 4 euros (R$ 9,30). Carrer Palau Reial, s/n°; (34-971) 214-134. PARQUE DO MAR Aos pés da muralha da Catedral de Palma, o parque tem história curiosa. Até os anos de 1960, as ondas batiam na muralha da catedral. A construção da nova avenida da orla afastou as águas e desagradou os moradores. A solução, então, foi projetar o lago artificial que o visitante vê hoje. BAS¿?LICA DE SANT FRANCESC Construída em refinado estilo gótico, tem peças barrocas no altar e uma imponente rosácea na fachada. O claustro é aberto a visitas. Fica na Praça de Sant Francesc; (34-971) 712-695. BANHOS ¿?RABES O conjunto termal existe desde o século 10. Trata-se de um dos últimos exemplares da cultura mourisca na ilha e ainda conserva bem arcos e pilares. Elementos construtivos foram reciclados de prédios muçulmanos, bizantinos e romanos ainda mais antigos. Entrada: 2 euros (R$ 4,65). Can Serra, 7; (34-971) 721-549. CASTEL DE BELLVER A 2,5 quilômetros do centro, o Castel de Bellver é o mirante mais privilegiado de Palma. Construído no alto de uma montanha arborizada, 113 metros acima do mar, foi encomendado como casa de veraneio pelo Rei Jaime II. Foi prisão e abriga hoje o Museu de História da Cidade. Entrada: 2,50 euros (R$ 5,80). Calle Camilo José Cellar, s/nº; (34-971) 730-657. FUNDACIÓ PILAR E JOAN MIRÓ Com a morte de Miró, em 1982, sua mulher, Pilar, transformou o prédio de arquitetura moderna onde o casal viveu em centro de artes. Estão lá o estúdio original do artista e quadros inacabados. A entrada custa 6 euros (R$ 14). Mais: miro.palmademallorca.es. ES BALUARD O Museu de Arte Moderna ocupa uma fortaleza renascentista do século 16. Obras de Picasso e Miró estão no acervo. Às sextas-feiras, você escolhe quanto quer pagar pela entrada, a partir de 10 centavos de euro. Nos outros dias, o tíquete custa 6 euros (R$ 14). Mais: www.esbaluard.org.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG