Transformação visual costuma render Oscar de atriz; veja

Glenn Close e Meryl Streep podem ser as próximas a entrar para o time das premiadas pela maquiagem pesada

iG São Paulo |

Duas das principais concorrentes ao Oscar 2012 de melhor atriz, Meryl Streep, com "A Dama de Ferro" , e Glenn Close, estrela de "Albert Nobbs" , que estreia nesta sexta-feira (23), sofreram grandes transformações para seus papéis. A primeira atuou utilizando próteses no rosto para encarnar a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher, enquanto Close se vestiu de homem na Irlanda do século 19. Merecidamente, os dois filmes também foram lembrados na categoria de melhor maquiagem.

INFOGRÁFICO: CONHEÇA OS INDICADOS AO OSCAR 2012 E FAÇA SUAS APOSTAS

O esforço das atrizes já rendeu as indicações, mas pode ir além disso. A Academia de Hollywood gosta de premiar quem passou por uma forte repaginação – só na década passada, cinco atrizes ganharam o Oscar depois de mostrar na tela versões distantes de quem são na vida real.

Siga o iG Cultura no Twitter

São elas: Marion Cotillard ("Piaf - Um Hino ao Amor"), Mo'nique ("Preciosa"), Charlize Theron ("Monster - Desejo Assassino"), HIlary Swank ("Menina de Ouro") e Nicole Kidman ("As Horas). Isso sem contar Kate Winslet, premiada por "O Leitor", que atravessa a última parte do filme numa versão idosa da alemã Hanna.

E esses não são os únicos exemplos de atrizes recompensadas com o Oscar por um esforço similar. Veja na galeria outras ganhadoras que se transformaram no cinema e levaram o prêmio para casa. Em seguida, vote na sua preferida.

    Leia tudo sobre: oscarcinemaa dama de ferroalbert nobbs

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG