Sacha Baron Cohen se desentende com Academia e fica fora do Oscar 2010

LOS ANGELES ¿ O ator britânico Sacha Baron Cohen, famoso pelos personagens Borat e Brüno, não será um dos apresentadores da entrega do Oscar 2010, no próximo domingo, por diferenças com os organizadores do evento.

EFE |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=ultimosegundo%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237947713861&_c_=MiGComponente_C

Getty Images

O comediante como Brüno: arriscado
demais para a festa da Academia

Segundo informa hoje a revista "Vulture", a Academia de Hollywood optou por descartar o humorista mesmo já tendo anunciado seu nome como um dos participantes da festa uma semana antes.

O agente do ator, Matt Labov, explicou à revista que, apesar de não gostar do termo, a melhor explicação para ausência de Sacha é "diferença criativa".

"Não foi nada fácil, mas os dois lados sentiram que não podiam mais chegar a um acordo e que ele deveria ficar em Londres", afirmou.

A ideia de Sacha Baron Cohen era se disfarçar de uma fêmea do povo Na'vi e revelar estar grávido levantando um vestido de gala. Depois, acusaria James Cameron, diretor do filme "Avatar", de ser o pai.

No entanto, o produtor Bill Mechanic, responsável pelo espetáculo, temia que James Cameron, indicado ao prêmio de melhor diretor, se ofendesse com a brincadeira.

A festa do Oscar terá como mestres de cerimônia o consagrado comediante Steve Martin e Alec Baldwin, que está em alta com a série de televisão "30 Rock".

Leia as últimas notícias do Oscar 2010

    Leia tudo sobre: oscarsacha baron cohen

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG