Estou convencida de que não vou ganhar o Oscar - Oscar 2013 - iG" /

Penélope Cruz: Estou convencida de que não vou ganhar o Oscar

A atriz espanhola Penélope Cruz disse no sábado estar convencida de que não vai ganhar o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante neste domingo, porque MoNique vencerá, e está feliz em não reviver a mesma experiência de tensão do ano passado.

AFP |

"É que estou convencida de que não vou ganhar", disse Cruz em uma coletiva de imprensa no hotel Mondrian de Hollywood, a poucas horas da 82ª entrega dos prêmios.

"Vi todos os filmes e acredito que todas as atrizes estão maravilhosas, mas o Oscar será recebido pela Mo'Nique", acrescentou Cruz, radiante, vestida em uma roupa preta e cinza e muito mais tranquila que em 2009, quando antes e depois da cerimônia parecia nervosa ao falar com a imprensa.

"Se me perguntar o que aconteceu nesta noite, não tenho ideia", disse a atriz, se referindo a fevereiro do ano passado, quando venceu o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante por seu papel em "Vicky Cristina Barcelona", de Woody Allen.

A atriz mais internacional da Espanha disse que chegou na sexta-feira a Los Angeles para a festa do cinema, que ocorre neste domingo no teatro Kodak de Hollywood.

"Estarei muito bem acompanhada, com as pessoas que são muito importantes para mim", falou, sem revelar se seu namorado Javier Bardem - que ganhou um Oscar em 2008 - assistirá à cerimônia.

Cruz, de 35 anos, é indicada pela terceira vez ao prêmio. Compete neste ano - entre outras atrizes - com Mo'Nique, uma comediante americana que se destacou no drama "Preciosa", e vencedora dos prêmios do Spirit Awards e de todos os troféus da temporada, incluindo o BAFTA britânico e o do Sindicato de Atores dos Estados Unidos.

As outras atrizes da lista são Maggie Gyllenhaaal, que interpreta uma jornalista e mãe solteira em "Crazy Heart", e Vera Farima e Anna Kendrick, ambas por "Amor sem escalas".

Quanto ao prêmio de Melhor Filme, Penélope afirma que gostou de "Guerra ao Terror", de Kathryn Bigelow, e "Bastardos Inglórios", de Quentin Tarantino.

"Espero que no próximo ano voltem a nomear apenas cinco filmes", opinou a atriz, que concorda com Antonio Banderas com relação ao aumento dos indicados à categoria, afirmando que "10 são muitos".

    Leia tudo sobre: oscar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG