Hollywood vive dia de emoção com anúncio dos indicados ao Oscar

LOS ANGELES ¿ A emoção e a incredulidade foram as sensações predominantes nas reações dos que receberam hoje suas primeiras indicações ao Oscar, mas mesmo assim uma alegria muito mais contida do que os que já passaram pela experiência, como as atrizes Meryl Streep e Penélope Cruz.

EFE |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=ultimosegundo%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237947583698&_c_=MiGComponente_C

"Ainda estou me beliscando" afirmou a jovem inglesa Carey Mulligan, indicada para o prêmio de Melhor Atriz por "Educação". Lee Daniels, candidato ao prêmio de Melhor Diretor por "Preciosa", produção indicada a Melhor Filme, disse que estava "exultante".

Mais comedido, Jeremy Renner, candidato à estatueta de Melhor Ator por "Guerra ao Terror", acompanhou o anúncio dos indicados ao vivo em um programa da televisão americana.

"Não posso esperar para ligar para alguns amigos mais tarde e gritar", disse Renner, ao lembrar que, antes da temporada de prêmios, a maior conquista para o filme tinha sido "passar nos cinemas". "Guerra ao Terror" recebeu nove indicações ao Oscar, empatando com "Avatar".

A produtora de "Guerra ao Terror", Kathryn Bigelow, também candidata pela primeira vez ao Oscar de Melhor Diretor pelo mesmo filme, comentou que o reconhecimento da Academia é "um tremendo afago à equipe".

Quem também se mostrou satisfeita foi Sandra Bullock, indicada pela primeira vez ao Oscar de Melhor Atriz por "Um Sonho Possível", na disputa pela estatueta de Melhor Filme.

"Acho genial que todos tenham seu momento de glória", comentou Sandra, que disse achar que não tinha chances de estar na lista de candidatos ao Oscar até horas antes de sua divulgação.

Meryl Streep, que chega a sua 16ª indicação ¿ concorre ao prêmio de Melhor Atriz por "Julie e Julia" ¿, disse estar "orgulhosa e agradecida de estar (indicada) com estas mulheres que ofereceram uma grande variedade de indeléveis atuações neste ano".

Helen Mirren, vencedora do Oscar de Melhor Atriz por "A Rainha" em 2007 e indicada neste ano na mesma categoria por "The Last Station", lembrou de seu companheiro de elenco, o veterano Christopher Plummer, de 80 anos, que recebeu sua primeira indicação ¿ no caso, para a estatueta de Melhor Ator Coadjuvante. "Estou muito feliz e honrada por Christopher, por mim e por nosso filme", comentou a atriz.

Morgan Freeman, que venceu o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por "Menina de Ouro" em 2004, disse sentir-se agradecido por disputar o prêmio de Melhor Ator neste ano por "Invictus".

Freeman lembrou de Matt Damon, também indicado pelo filme, mas para o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante, e de seu diretor, Clint Eastwood, assim como de Nelson Mandela, que interpretou no filme.

A cerimônia de entrega da 82ª edição dos prêmios Oscar está marcada para o dia 7 de março, em Los Angeles.

Leia as últimas notícias do Oscar 2010

    Leia tudo sobre: oscar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG