Filme brasileiro fica fora de pré-selecionados ao Oscar

"Lula - O Filho do Brasil", representante do país na disputa pela estatueta, não ficou entre os nove finalistas

iG São Paulo |

Divulgação
Javier Bardem em cena de "Biutiful"
O Brasil está fora da disputa pelo Oscar de melhor filme estrangeiro. O representante do país na disputa, "Lula - O Filho do Brasil", não entrou na lista de nove pré-selecionados divulgada nesta quarta-feira. Os cinco finalistas, assim como os indicados às outras categorias do prêmio mais importante do cinema mundial, serão conhecidos na próxima terça-feira (25).

Os nove pré-selecionados são os seguintes: "Fora da Lei" , de Rachid Bouchareb (Argélia); "Incendies", de Denis Villeneuve (Canadá); "Em Um Mundo Melhor" , de Susanne Bier (Dinamarca); "Dente Canino", de Yorgos Lanthimos (Grécia); "Kokuhako", de Tetsuya Nakashima (Japão); "Biutiful" , de Alejandro González Iñárritu (México); "Life, Above All", de Oliver Schmitz (África do Sul); "Tambien la Lluvia" , de Iciar Bolain (Espanha); e "Simple Simon", de Andreas Ohlman (Suécia).

Desses, os favoritos são o mexicano "Biutiful", com Javier Bardem, e o dinamarquês "Em Um Mundo Melhor", que ganhou o Globo de Ouro de filme estrangeiro no último domingo.

A última vez em que um filme brasileiro entrou na lista de nove pré-selecionados foi em 2007, com "O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias", mas o longa não ficou entre os cinco indicados.

No total, o Brasil concorreu ao Oscar de filme estrangeiro quatro vezes: "O Pagador de Promessas" (1963), "O Quatrilho" (1996); "O Que É isso, Companheiro?" (1998) e "Central do Brasil" (1999). "Cidade de Deus" disputou quatro estatuetas em 2004, mas não foi indicado a filme estrangeiro.

    Leia tudo sobre: Oscar 2011filme estrangeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG