Festa do Oscar 2011 será exibida ao vivo no Jardim Gramacho

Em Los Angeles, catador comanda torcida do documentário "Lixo Extraordinário"

iG São Paulo com Agência Estado |

Levando ou não o Oscar 2011 de melhor documentário, a coprodução anglobrasileira "Lixo Extraordinário" revelou o poder de transformação da arte a partir da vida dos catadores de lixo do Jardim Gramacho, em Duque de Caxias, Rio de Janeiro. Mais um impacto desse trabalho ocorrerá domingo, não apenas em Los Angeles, na cerimônia de entrega da estatueta, mas na periferia do Rio.

Na Praça Alcyr Bellucio Cavallini, no mesmo Jardim Gramacho, a cerimônia do Oscar será transmitida ao vivo para um público estimado de cinco mil pessoas, com direito a show do Afro Samba e apresentação da atriz Isabel Fillardis. E os catadores, que sob a ótica do artista plástico Vik Muniz, tiveram a chance de ganhar o mundo, poderão acompanhar o evento no centro de onde tudo começou.

E o evento só foi possível devido à união de empresários, da Agência Cardápio de Ideias e da Associação dos Catadores do Aterro Metropolitano de Jardim Gramacho (ACAMJG), cujo presidente, Sebastião Carlos dos Santos, o Tião, é um dos personagens centrais do documentário, dirigido pela inglesa Lucy Walker e pelos brasileiros Karen Haley e João Jardim.

Depois de ter problemas em conseguir visto de entrada nos Estados Unidos, Tião chegou ontem a Los Angeles para eventos de promoção do documentário. "Para mim é fundamental que essa confraternização aconteça, porque todo mundo faz parte disso que está acontecendo. Isso é tão importante quanto a minha ida ao Oscar e eu tenho que dividir esse momento com todo mundo e todos tem que se sentir envolvidos e parte do Oscar", disse Tião, em texto divulgado pela assessoria de imprensa.

Festa reúne documentaristas do Oscar 2011; assista ao vídeo:

    Leia tudo sobre: oscar 2011lixo extraordináriodocumentáriogramacho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG