Estatuetas do Oscar "de segunda mão" vão a leilão

Lote terá prêmio dado a roteirista de "Cidadão Kane", em 1941

Reuters |

Getty Images
Estatuetas do Oscar em exposição em Nova York
Quinze estatuetas do Oscar serão leiloadas na semana que vem, no que organizadores disseram na terça-feira ser a maior venda desses prêmios na história.

A casa de leilões Nate D. Sanders, de Los Angeles, disse que o lote será arrematado dois dias depois da cerimônia de premiação deste ano, que acontece no domingo. Entre as estatuetas a serem leiloadas estão a que foi dada a Herman Mankiewicz pelo roteiro de "Cidadão Kane", de Orson Welles.

Acesse o especial Oscar

O Oscar dado ao próprio Welles pelo filme de 1941, considerado por muitos o melhor da história, foi vendido em dezembro por US$ 861.542 (R$ 1,480 mi) num leilão feito pela Nate D. Sanders.

Outros Oscar oferecidos no leilão de 28 de fevereiro incluem o de melhor filme dado em 1933 a "Cavalgada", os prêmios de melhor montagem e trilha musical para "Os Melhores Anos das Nossas Vidas" (1946), e o de melhor fotografia dada a Gregg Toland em 1939 por "O Morro dos Ventos Uivantes".

A casa de leilões espera alcançar cerca de US$ 2 milhões (R$ 3,4 milhões) com os 15 Oscar. Os organizadores ressaltaram que o Oscar dado a "Cavalgada" será o mais antigo Oscar de melhor filme a ser vendido.

Leia também: Cirque du Soleil se apresentará no Oscar

É cada vez mais raro encontrar Oscars em leilões. Em 1950, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que concede o prêmio, criou uma cláusula proibindo os ganhadores de venderem seus Oscars, exceto à própria Academia, e nesse caso pelo valor simbólico de 1 dólar.

    Leia tudo sobre: Oscar 2012cinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG