Na véspera do Oscar, longa com Natalie Portman domina premiação do cinema independente

Grávida, Natalie Portman agradece ao prêmio de melhor atriz em Los Angeles
Reuters
Grávida, Natalie Portman agradece ao prêmio de melhor atriz em Los Angeles
"Cisne Negro" se tornou neste sábado o principal vencedor da 26ª edição do Spirit Awards, considerado o Oscar do cinema independente, um dia antes da premiação da Academia de Hollywood . O longa-metragem conquistou quatro prêmios: melhor filme, melhor diretor (Darren Aronofsky), melhor atriz (Natalie Portman) e melhor fotografia (Matthew Libatique).

A estatueta de melhor ator foi para James Franco ("127 Horas"), que neste domingo será mestre de cerimônias junto com Anne Hathaway no Oscar 2011 .

Os prêmios destinados a melhor ator e atriz coadjuvante foram para John Hawkes e Dale Dickey, ambos por "Inverno da Alma", que era considerado o favorito da noite, com sete indicações.

"Minhas Mães e Meus Pai" levou o prêmio de melhor roteiro, escrito por Stuart Blumberg e pela diretora Lisa Cholodenko.

O prêmio John Cassavetes, entregue ao melhor filme feito com menos de US$ 500 mil de orçamento, foi para "Daddy Longlegs", enquanto o título de melhor filme estrangeiro foi para o britânico "O Discurso do Rei".

Os famosos prêmios ao melhor cinema independente retornaram este ano à praia de Santa Monica, sua localização habitual após a mudança de localização, para o centro de Los Angeles, em 2010.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.