Produtor de "Uma Mente Brilhante" assume cerimônia ao lado de Don Mischer

Brian Grazer produzirá a transmissão da próxima cerimônia do Oscar após a demissão de Brett Ratner , informou nesta quarta-feira (9) o presidente da Academia das Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, Tom Sherak.

Siga o iG Cultura no Twitter

Ratner, diretor de filmes como "Dragão Vermelho" e "X-Men: O Confronto Final", desistiu de comandar a cerimônia após uma série de polêmicos comentários homofóbicos e inapropriados. Na sexta-feira (4), Ratner participou de uma sessão de perguntas e respostas em Los Angeles para promover seu filme "Tower Heist", protagonizado por Eddie Murphy e, quando perguntado sobre a preparação para a premiação, afirmou que "ensaiar era coisa de bichinha".

Dias depois, o cineasta foi ao programa de rádio "The Howard Stern Show" e falou sobre masturbações, pelos púbicos, o tamanho de seus testículos e inclusive sobre um encontro sexual com a atriz Lindsay Lohan, de acordo com o jornal "Los Angeles Times".

Essas palavras não demoraram a ter uma enorme repercussão nos meios especializados e a pressão chegou às esferas da Academia. Ratner apresentou nesta quarta-feira sua demissão da produção da cerimônia.

"Brian Grazer é um cineasta de renome que nos últimos 25 anos produziu uma quantidade diversa e extraordinária de trabalhos", disse Sherak sobre o substituto. Grazer produzirá a 84ª edição dos prêmios Oscar ao lado do produtor Don Mischer.

Grazer ganhou a estatueta de Melhor Filme com "Uma Mente Brilhante" em 2002. Ele ainda recebeu outras três indicações ao prêmio, por "Splash - Uma Sereia em Minha Vida" (1985), "Apollo 13" (1996) e "Frost/Nixon" (2009). "É muito gratificante ser parte de um espetáculo que honra a excelência no meio ao qual dediquei grande parte da minha carreira", declarou Grazer.

A saída de Ratner provocou também a renúncia do ator Eddie Murphy como mestre de cerimônias da festa, que acontecerá no dia 26 de fevereiro de 2012 em Los Angeles.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.