Oposição albanesa promete mais manifestações após luto

Adversários do governo enterraram neste sábado vítimas do confronto ocorrido na sexta-feira na capital albanesa

AFP |

AFP
Vítimas dos protestos foram enterradas neste sábado
O líder da oposição albanesa e prefeito de Tirana, Edi Rama, anunciou neste sábado que as manifestações contra o governo serão retomadas após o sepultamento das três vítimas dos protestos realizados na última sexta-feira. "Depois do luto, vamos retomar as manifestações", declarou Edi Rama à AFP, sem informar uma data precisa.

Três pessoas morreram depois que foram atingidas por tiros na sexta-feira na capital da Albânia, durante um protesto da oposição que resultou em confrontos violentos com as forças de segurança em um país imerso em uma crise política há mais de um ano. Rama acusou a polícia de ter atirado contra a multidão e matado "três inocentes".

A oposição convocou a manifestação contra o governo de Sali Berisha para exigir sua renúncia e a convocação de eleições legislativas anticipadas, depois do anúncio na semana passada da demissão do vice-premier Ilir Meta, envolvido em um caso de corrupção.

Seis militares da Guarda Republicana serão detidos e processados, segundo uma investigação sobre as mortes de sexta-feira.O porta-voz da procuradoria albanesa, Plator Nesturi, confirmou as ordens de prisão, mas sem revelar as identidades dos oficiais.

    Leia tudo sobre: AlbâniaPolíticaOposição

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG