Jacob Zuma, o popular e controvertido chefe do Congresso Nacional Africano (ANC), foi eleito presidente da República Sul-africana nesta quarta-feira pelo parlamento reunido na Cidade do CAbo, duas semanas depois das eleições legislativas.

Aos 67 anos, Zuma se converte no quarto presidente desde que o país aboliu o regime segregacionista do apartheid, um cargo que sempre foi ocupado desde 1994 pelo ANC.

Zuma obteve 277 votos a favor dos 400 parlamentares, ou seja, 13 votos a mais que a quantidade total de deputados do ANC. O outro candidato, o reverendo Mvume Dandala do Congresso do Povo (Cope), uma formação criada por dissidentes do ANC, conseguiu 47 votos.

A vitória de Zuma foi recebida com gritos de alegria pelos deputados, apesar dessa votação ter sido apenas uma formalidade. O ANC ganhou as eleições em 22 de abril com 65,9% dos votos.

fb-bed/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.