Zoo cria mãe mecânica para filhote de macaco

Um zoológico na Grã-Bretanha deu um robô como mãe adotiva para um filhote de macaco depois que sua mãe verdadeira teve a saúde debilitada com o parto. O animal, da espécie macaco-de-Brazza, nasceu por operação cesariana no Port Lympne Wild Animal Park em Kent, no sudeste da Inglaterra e, com três semanas de vida, recebeu como companhia um macaco de brinquedo com um coração mecânico.

BBC Brasil |

O chefe da área de primatas do zoológico, Simon Jeffery, disse que espera que o coração mecânico - que funciona quando o filhote aperta o brinquedo - ajude o animal a se acostumar ao batimento cardíaco da mãe verdadeira.

Jeffery afirmou que espera reunir o filhote a seus pais em breve.

O irmão do filhote, Hoggle, também foi criado isoladamente e depois entregue aos pais, Bamboo e Tom. O mesmo ocorreu com um outro macaco, da espécie "Diana", chamado Keymon.

"Eventualmente espera-se que o filhote possa se unir aos seus pais, irmãos e o resto do grupo", disse Jeffery.

"Keymon e Hoggle foram reintroduzidos no grupo com sucesso depois de poucos meses, então sabemos por nossa experiência anterior com primatas criados isoladamente que isto funciona e garante que eles tenham um bom começo na vida."
A macaquinha ainda não tem nome.

O macaco-de-Brazza tem testa de cor castanha, pálpebras brancas e membros negros com uma listra branca na coxa.

Ele é encontrado em florestas perto de fontes de água e vegetação densa na África central e recebeu esse nome em homenagem ao explorador francês Pierre Savorgnan de Brazza, que fundou a cidade de Brazzaville no Congo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG