Zombar de si mesmo pode ser a melhor maneira de seduzir o sexo oposto, mas isso só parece funcionar se você tem um status elevado aos olhos do potencial parceiro, de acordo com uma pesquisa publicada pela revista acadêmica Journal of Evolutionary Psychology . Segundo os autores, apesar de outras pesquisas terem mostrado que o humor é provavelmente a melhor forma de conquista, o novo estudo mostra que o tipo de humor também é importante.

"Muitos estudos mostram que um senso de humor é sexualmente atraente, especialmente para as mulheres, mas nós descobrimos que o humor auto-depreciativo é o mais atraente de todos", diz Gil Greengross, do Departamento de Antropologia da Universidade do Novo México, nos Estados Unidos.

Os resultados da pesquisa são publicados no artigo Dissing Oneself versus Dissing Rivals: Effects of Status, Personality, and Sex on the Short-Term and Long-Term Attractiveness of Self-Deprecating and Other-Deprecating Humor (Desrespeitar a si mesmo versus Desrespeitar aos outros : Efeitos de Status, Personalidade e Sexo na Atração do Humor Autodepreciativo e do Humor Depreciador dos Outros, em tradução livre), de Greengross e Geoffrey Miller, do Departamento de Psicologia da Universidade do Novo México.

Pesquisa
Sessenta e quatro mulheres e 32 homens - todos estudantes universitários - participaram do projeto.

Cada participante ouviu gravações feitas por duas pessoas do sexo oposto descritas como estudantes universitários com diferentes status - tendo notas altas ou baixas, um carro ou uma bicicleta, ou cujos pais tinham empregos de status elevado ou baixo - e que produziam tipos de humor distintos.

Depois de ouvir as gravações, os participantes davam uma nota a cada uma das pessoas como um potencial parceiro para uma relação curta ou longa.

O tipo de humor e o status da pessoa não tiveram nenhum efeito no que diz respeito à atração para uma relação de curto prazo, mas o humor autodepreciativo em pessoas que tinham um status elevado - mas não naquelas descritas como tendo um status baixo - aumentava a atração sexual para uma relação de longo prazo tanto para homens como para mulheres.

Status e humor
"A nossa teoria é que os indivíduos com um status elevado podem se permitir tirar sarro de si mesmos mais facilmente", escreve Greengross.

Segundo Greengross, de maneira geral, o uso do humor autodepreciativo é associado com baixos níveis de extroversão, suavidade e estabilidade emocional e, portanto, pouco atraente.

"Por isso, o uso de humor autodepreciativo por pessoas de status considerado baixo pode ser contraprodutivo, sugerindo depressão, derrotismo, subordinação, baixa auto-estima", diz o autor.

"Por outro lado, se um indivíduo atingiu um status elevado, ele provavelmente não terá níveis realmente baixos de extroversão e estabilidade emocional e devem mostrar suavidade suficiente para fazer amigos ou conquistar apoio."
"Além disso, o uso de humor que deprecia os outros por indivíduos de status elevado pode ser visto como uma zombaria injusta e, portanto, menos atraente", completa o autor.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.