A polícia do Zimbábue proibiu todas as manifestações políticas na capital, Harare, em uma situação de crescente tensão pós-eleitoral, informaram fontes policiais à AFP.

"É verdade que proibimos as manifestações políticas", disse o porta-voz da polícia, Wayne Bvudzijena.

"Não vemos porque devem acontecer manifestações se não há eleições", acrescentou.

Treze dias depois das eleições presidenciais, o resultado oficial ainda deve ser anunciado.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.