Zimbábue pode adiar eleição parlamentar de 2011

Decisão seria tentativa de completar a reforma institucional no país, afirmou um jornal estatal neste domingo

Reuters |

O Zimbábue poderá adiar as eleições parlamentares de 2011, que o partido do presidente Robert Mugabe previa para meados deste ano, em uma tentativa de completar a reforma institucional no país, afirmou um jornal estatal neste domingo.

O partido de Mugabe ZANU-PF apoiou os planos para antecipar as eleições duas semanas atrás, apesar da forte oposição dos rivais de que o clima político não favorece eleições livres e justas.

O jornal Sunday Mail, que é fortemente controlado por oficiais do ZANU-PF, publicou declaração de fonte não-identificada dizendo que não será possível realizar eleições no primeiro semestre de 2011 e que o Zimbábue comunicou os membros da Comunidade Sul-Africana de Desenvolvimento há semanas.

"Fontes disseram ontem (sábado) que é altamente improvável que as eleições sejam realizadas antes de junho já que o rascunho da nova lei suprema deve se estender pelo segundo semestre do ano", segundo a publicação, citando ainda o que chamou de "complicações de intervenção" na implementação do acordo de divisão do poder.

Representantes do ZANU-PF não estavam disponíveis neste domingo para comentar o assunto.

Mugabe, 86, e seu arquirrival, o primeiro-ministro Morgan Tsvangirai, do Movimento pela Mudança Democrática (MDC, na sigla em inglês) foram forçados a formar uma coalizão dois anos atrás depois de uma acirrada eleição em 2008, que exacerbou a severa crise econômica.

Atribui-se a este governo de unidade a estabilização da economia esmagada pela hiperinflação e a redução da tensão política no país. Mas a coalizão tem sido marcada por discussões frequentes sobre o ritmo de implementação das reformas políticas.

    Leia tudo sobre: MUNDOZIMBABUEELEICAOADIAMENTO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG