Zimbábue: Mugabe oferece negociação com a oposição, mas após as eleições

Harare - O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, reiterou hoje que está aberto às discussões com o opositor Movimento para a Mudança Democrática (MDC) de Morgan Tsvangirai, mas insistiu em que primeiro deve ocorrer o segundo turno das eleições presidenciais previstas para amanhã.

EFE |

Clique na imagem para ver o infográfico sobre a eleição no Zimbábue

Mugabe afirmou sua vontade de conversar com Tsvangirai durante uma manifestação pública da governamental União Nacional Africana do Zimbábue-Frente Patriótica (Zanu-PF), cujas milícias lançaram uma campanha de ataques e intimidação contra os simpatizantes do MDC, que levou o líder opositor a sair da disputa eleitoral.

Tsvangirai anunciou no domingo passado que estava desistindo das eleições, após alegar que participar das mesmas significava "agressões físicas e até a morte para os simpatizantes do MDC".

No entanto, a Comissão Eleitoral do Zimbábue (ZEC) rejeitou a retirada de Tsvangirai e determinou que as eleições devem ir adiante.

O líder opositor advertiu hoje que "não haverá negociações se o presidente (Robert) Mugabe se declarar ganhador" nas eleições de amanhã no Zimbábue.

Leia mais sobre: Zimbábue

    Leia tudo sobre: zimbábue

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG