Zelaya volta a Washington para pressionar por sua volta ao poder em Honduras

Washington - O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, iniciará hoje outra rodada de reuniões em Washington para aumentar a pressão da comunidade internacional a favor de seu restabelecimento no poder.

EFE |

Segundo fontes diplomáticas hondurenhas em Washington, Zelaya se reunirá hoje com o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, e com os embaixadores do organismo regional.

Também deve se reunir com líderes de ONGs, defensores dos direitos humanos, e representantes de centros de análise política.

O propósito é "continuar analisando respostas à crise política (em Honduras) e buscar o restabelecimento da ordem constitucional", disse à Agência Efe uma fonte diplomática, que pediu o anonimato.

Acrescentou que Zelaya convocará uma entrevista coletiva na terça-feira à tarde na sede da OEA para avaliar o andamento das negociações com o Governo de fato em Honduras e resumir os resultados de suas reuniões em Washington.

Leia mais sobre: crise em Honduras

    Leia tudo sobre: golpehonduraszelaya

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG