Zelaya se reunirá com Michelle Bachelet na quinta

SANTIAGO (Reuters) - O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, se reunirá na quinta-feira, no Chile, com a presidente Michelle Bachelet, como parte das ações do governo chileno para promover a restituição dele ao poder após o golpe de Estado de 28 de junho. Zelaya, que foi retirado de sua casa sob a mira de armas e levado para a Costa Rica por militares, viajou nesta semana ao Brasil, onde se encontrará com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para discutir a situação de seu país.

Reuters |

"Respondendo a um convite da presidente, conseguimos acertar as agendas e o presidente de Honduras, José Manuel Zelaya, vem visitar o Chile amanhã", disse a jornalistas ministro das Relações Exteriores chileno, Mariano Fernández.

A reunião está marcada para as 12h30 (13h30 em Brasília), acrescentou o chanceler chileno.

"A visita do presidente Zelaya insere-se naturalmente na ação do governo do Chile, que promove a restauração da democracia em Honduras e o restabelecimento do presidente Zelaya como presidente constitucional eleito", afirmou Fernández.

O Chile condenou o golpe de Estado no país centro-americano e recusou-se a reconhecer o governo de facto de Roberto Micheletti, que assumiu o poder com a ajuda de militares.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG