Manágua, 30 jul (EFE).- O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, pediu hoje aos Estados Unidos que intensifiquem de forma mais energética, mais forte e com maior decisão suas medidas contra as novas autoridades de seu país, lideradas por Roberto Micheletti.

Zelaya fez este pedido ao embaixador dos Estados Unidos em Tegucigalpa, Hugo Llorens, com quem inesperadamente se reuniu hoje na sede diplomática de Honduras em Manágua. EFE lfp/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.