Zelaya pede a volta dos embaixadores a Honduras

O presidente deposto Manuel Zelaya pediu que os países enviem de volta seus embaixadores a Honduras para apoiar a volta à ordem democrático nesse país, onde pretende manter uma resistência pacífica, afirmou nesta terça-feira, em Nova York, a chanceler hondurenha Patricia Rodas.

AFP |

"Com a volta do presidente e uma vez instalado seu gabinete, os embaixadores devem retornar a suas missões para que façam um acompanhamento internacional dessa volta à vida democrática do país", afirmou Rodas.

A chanceler, que continua fiel a Zelaya, assinalou que já conversou com os representantes do Brasil, Espanha, Estados Unidos e Costa Rica.

du/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG