Zelaya diz que seguidores recebem capacitação e treinamento na Nicarágua

Tegucigalpa, 1º ago (EFE).- O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, disse hoje que os seguidores que o acompanharão na volta ao país estão recebendo formação, capacitação e treinamento na Nicarágua.

EFE |

Zelaya não disse se a formação que seus seguidores recebem é no campo militar, mas destacou que desde ontem está à frente da "cátedra Morazánica", inspirada no mártir Francisco Morazán, hondurenho que morreu fuzilado na Costa Rica quando lutava pela união da América Central.

Em declarações feitas por telefone a uma rádio de Tegucigalpa, o presidente deposto afirmou que está em El Ocotal, cidade nicaraguense próxima à fronteira com Honduras. Segundo Zelaya, aproximadamente 1.300 hondurenhos encontram-se na localidade. "São pessoas que entram, saem, voltam", disse.

Entre os que chegaram hoje à cidade estão vários prefeitos e deputados do governista Partido Liberal que condenam o golpe de Estado de 28 de junho.

"El Ocotal virou uma casa para nós reconstruirmos a democracia", ressaltou Zelaya, que disse ter se reunido com seus aliados num ginásio cedido pelas autoridades locais.

Em sua mensagem, o presidente deposto também expressou sua solidariedade à família do professor Roger Abraham Vallejo, que morreu neste sábado ao ser atingido por um tiro na cabeça durante uma manifestação contra os golpistas realizada na quinta-feira em Tegucigalpa.

Hoje "é um dia de festa para os golpistas, porque, segundo eles, perdemos um soldado", afirmou Zelaya, que voltou a dizer que "faltam dias" e "horas" para o seu retorno e que os golpistas serão julgados pelo mundo. EFE gr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG