Zelaya destitui embaixadores de Honduras em Washingon e Bruxelas

O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, destituiu os embaixadores de seu país em Washington e Bruxelas porque defendem as novas autoridades de Tegucigalpa, informou à AFP a vice-ministra do governo deposto, Beatriz Valle.

AFP |

Zelaya, que se encontra no Panamá, tomou a decisão de destituir os embaixadores nos Estados Unidos, Roberto Flores, e, em Bruxelas, Ramón Custodio, alegando que os diplomatas não consideram seu afastamento da presidência um golpe de Estado.

O embaixador hondurenho em Washington voltou para Tegucigalpa atendendo às ordens das novas autoridades que substituíram Zelaya, deposto por um golpe dos militares.

af/cm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG