Manágua, 13 jul (EFE).- O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, deu nesta segunda-feira um ultimato aos que hoje ocupam o Governo de seu país para que o reempossem e advertiu que, caso contrário, dará por fracassada a mediação da Costa Rica e tomará outras medidas.

EFE lfp/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.