Zelaya continua na Nicarágua à espera de seus seguidores

Ocotal (Nicarágua), 25 jul (EFE).- O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, continua hoje na Nicarágua, após tentar entrar em seu país pela segunda vez, para retomar o poder depois do golpe de Estado realizado pelos militares no dia 28 de junho, de acordo com a Agência Efe.

EFE |

Zelaya pernoitou no hotel Frontera, no município nicaraguense de Ocotal, a 25 quilômetros da fronteira com Honduras, acompanhado pelo chanceler venezuelano, Nicolás Maduro, e seus colaboradores.

O governante deposto deve viajar de novo à localidade de Las Manos, na fronteira com Honduras, para se reunir com seus seguidores e tentar voltar ao país, disse a equipe de apoio que acompanha Zelaya.

O líder deposto concederá uma entrevista coletiva em sua chegada a Las Manos, por onde ontem conseguiu atravessar por poucos metros a linha fronteiriça com Honduras e permanecer duas horas em território neutro, à espera de diálogo com a chefia do Exército de seu país.

Zelaya foi deposto pelos militares no dia 28 de junho e enviado para a Costa Rica e, no mesmo dia, o Parlamento de seu país elegeu Roberto Micheletti como seu substituto.

As autoridades hondurenhas reiteraram que Zelaya será detido se entrar em Honduras. EFE lfp/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG