Zelaya chega ao Peru sob fortes medidas de segurança

O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, chegou nesta quarta-feira a Lima, em meio a fortes medidas de segurança, para uma reunião com o presidente peruano, Alan García, no Palácio de Governo.

EFE |

"Estamos em uma luta contra um golpe de Estado. Estou visitando vários países, atendendo convites em defesa da democracia", disse Zelaya, em declarações a jornalistas no aeroporto internacional de Lima.

Zelaya, que busca apoio regional para recuperar o poder em seu país, disse que, depois do Peru, tem "um convite pendente para ir a Washington".

Após breves declarações, o presidente deposto deixou o aeroporto escoltado por vários veículos da Polícia.

Zelaya deve se reunir hoje com García no Palácio do Governo de Lima às 9h (11h de Brasília).

Zelaya foi deposto do cargo por um golpe de Estado em 28 de junho, após o qual o Governo foi assumido pelo então presidente do Congresso hondurenho, Roberto Micheletti.

Apesar da condenação unânime dos Governos americanos ao golpe de Estado, a maioria de países da região só anunciou ações de caráter diplomático e, em raros casos, incluíram medidas econômicas, comerciais ou de outro tipo.

Leia mais sobre: Manuel Zelaya

    Leia tudo sobre: hondurasmanuel zelayaperu

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG