fomos ameaçados pela Força Aérea - Mundo - iG" /

Zelaya: fomos ameaçados pela Força Aérea

O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, revelou neste domingo que não conseguiu pousar em Tegucigalpa porque a pista estava bloqueada por veículos militares e seu avião foi ameaçado de interceptação pela Força Aérea hondurenha.

AFP |

Da terra, disseram aos pilotos que seriam "interceptados por aviões da Força Aérea" se insistissem na tentativa de pouso, informou Zelaya em declarações à rede Telesur, sediada na Venezuela.

O avião de Zelaya pousou finalmente em Manágua, e não em El Salvador, onde o líder deposto era aguardado pelo secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, e pelos presidentes de Argentina e Equador, Cristina Kirchner e Rafael Correa.

"Temos que tentar voltar ao país. Se não for agora, o faremos amanhã", disse o presidente deposto, que lamentou o fracasso da tentativa de seus partidários de romper o cerco militar ao aeroporto.

"Se tivesse um pára-quedas, teria pulado imediatamente do avião".

"É uma barbárie o que ocorreu aqui em Honduras. Denuncio isto à comunidade internacional".

"A partir de amanhã, a responsabilidade cai sobre as potências, especialmente Estados Unidos", para tomar "ações imediatas" contra o regime golpista".

rpl/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG