Zelaya anuncia que voltará a Honduras na quinta

O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, anunciou nesta segunda-feira que retornará a seu país na próxima quinta, após visitar os Estados Unidos, onde discursará na Organização das Nações Unidas (ONU).

AFP |

Depois de viajar a Washington na quarta-feira, "vou para Tegucigalpa, na próxima quinta. Vou como presidente eleito, para terminar meu mandato de quatro anos", disse Zelaya durante sua intervenção na reunião do Grupo do Rio, em Manágua.

"Vou regressar por vontade própria e sob a proteção do Sangue de Cristo, por Deus e por meu povo", disse Zelaya ao afirmar que aceitou a oferta do secretário da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, de acompanhá-lo na viagem.

Zelaya revelou ainda que convidará presidentes de países amigos para também viajar com ele.

Durante seu discurso, Zelaya agradeceu o apoio unânime dos países do continente, "incluindo Estados Unidos".

O presidente hondurenho foi deposto pelos militares após ignorar a decisão do Congresso e da Justiça contra um plebiscito sobre a reforma da Constituição.

Zelaya foi levado para a Costa Rica e a presidência passou a Roberto Micheletti, titular do Congresso, encarregado de concluir o mandato presidencial, até janeiro de 2010.

Leia mais sobre Honduras

    Leia tudo sobre: golpehondurasmanuel zelaya

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG