Zelaya acusa Micheletti de desviar dinheiro da Alba

Tegucigalpa, 16 dez (EFE).- O líder deposto de Honduras, Manuel Zelaya, disse hoje que o presidente interino, Roberto Micheletti, desviou mais de US$ 100 milhões provenientes da Petrocaribe e da Aliança Bolivariana para as Américas (Alba).

EFE |

"São mais de US$ 100 milhões provenientes da Alba e da Petrocaribe que Roberto Micheletti gastou e desviou para suas próprias intenções como Governo golpista", disse Zelaya, que segue na Embaixada do Brasil em Tegucigalpa, por telefone à Agência Efe.

Segundo ele, a decisão anunciada hoje por Micheletti de denunciar o tratado pelo qual Honduras aderiu à Alba "é insolente". "Se está negando aos pobres uma cooperação que estava sendo conseguida com Hugo Chávez", afirmou Zelaya, em referência ao presidente da Venezuela.

"É um ato de soberba porque utilizaram o dinheiro da Petrocaribe e da Alba, tratado que ele (Micheletti) mesmo aprovou", quando presidente do Parlamento, ressaltou Zelaya, que foi deposto em 28 de junho passado.

De acordo com Zelaya, "o regime golpista viveu esses últimos seis meses com o dinheiro da Alba e da Petrocaribe".

O Governo golpista enviará hoje ao Parlamento hondurenho uma iniciativa para concretizar a retirada do país da Alba, como informou o ministro da Presidência, Rafael Pineda.

A decisão foi tomada nesta terça-feira em uma reunião do Conselho de Ministros presidida por Micheletti. EFE gr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG