Os autores dos atentados de Mumbai são apátridas, declarou nesta terça-feira o presidente paquistanês, Asif Ali Zardari, ao rejeitar categoricamente que seu país esteja envolvido nos ataques.

"Acredito que são militantes apátridas que agem na região (...) e tomam o mundo inteiro como refém", declarou Zardai à rede de televisão americana CNN.

No sábado passado, Zardari pediu à Índia que não reagisse de "maneira excessiva" aos atentados de Mumbai, ao prometer aplicar o maior rigor possível sobre eventuais envolvidos paquistaneses.

Os atentados de Mumbai provocaram ao menos 188 mortos.

jkb/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.