Zapatero vê relação melhor entre Espanha e EUA com Obama

MADRI (Reuters) - O presidente da Espanha, José Luis Rodríguez Zapatero, cuja decisão de retirar as tropas espanholas do Iraque gerou inimizade com a administração de George W. Bush, acredita que a vitória do democrata Barack Obama ajudará a melhorar a relação entre Espanha e Estados Unidos. O chefe do Executivo espanhol disse que o senador Obama abriu um caminho de esperança para o mundo e aproveitou para parabenizá-lo, assegurando que ele encontrará na Espanha um amigo e fiel aliado, após a vitória nas urnas na terça-feira.

Reuters |

"Tenho plena confiança de que se abre um horizonte ainda mais esperançoso para as relações entre Espanha e Estados Unidos, tenho a confiança de que se abre um horizonte mais esperançoso para as relações entre Europa e Estados Unidos", disse Zapatero no Palácio da Moncloa.

"E tenho a confiança de que se abre um horizonte mais esperançoso para um mundo mais equilibrado, mais justo, com mais aspirações em favor da paz e da segurança compartilhada", acrescentou.

O presidente espanhol assegurou que, "como outros aliados", deseja trabalhar junto com o Obama nas grandes questões internacionais, entre elas, a luta contra o terrorismo internacional e o combate a pobreza e as mudanças climáticas.

"Quero expressar desde já minha satisfação pela forma de compreensão internacional do senador Obama, por sua capacidade de ouvir e por sua abertura ao diálogo", afirmou.

Zapatero também ofereceu ajuda ao futuro governo norte-americano nas regiões onde ele tem mais influência, como a América Latina e no ambiente mulçumano, principalmente durante a presidência da Espanha na União Européia, em 2010.

(Reportagem de Inmaculda Sanz)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG