Zapatero pede prudência para sucesso da missão de assistência a Betancourt

Bucareste, 3 abr (EFE).- O presidente do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, pediu hoje máxima prudência para que termine com sucesso a missão humanitária iniciada junto com a França e a Suíça para oferecer atendimento médico a Ingrid Betancourt, refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

EFE |

Zapatero se referiu a essa operação durante a entrevista coletiva oferecida em Bucareste por ocasião da cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), na qual confirmou que a Espanha intervém de forma diplomática.

O objetivo desta operação é contatar as Farc para que permitam o atendimento a Betancourt, diante do delicado estado de saúde da franco-colombiana.

Espanha, França e Suíça fazem parte do "grupo de amigos" que trabalham a favor de uma saída para o conflito entre o Governo colombiano e as Farc. EFE aam/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG